1 ESCUTA A MINHA oração, ó Deus! - Não Te escondas quando eu peço a tua ajuda.

2 Ouve-me com atenção e responde-me! Eu não consigo entender meus problemas e estou muito perturbado.

3 Meus inimigos gritam ameaças contra mim; os homens maus me rodeiam. Lançam males sobre mim, com ódio e furor.

4 Dentro do peito, meu coração dispara dolorido, com medo da morte.

5 Sou dominado pelo medo e pelo pavor, o horror me oprime.

6 Eu disse: "Quem dera que tivesse asas como uma pomba! Voaria para longe e viveria em paz.

7 Voaria rápido até os desertos distantes e viveria por lá mesmo.

8 Assim poderia achar um abrigo para escapar da tempestade.

9 Senhor; provoca confusão e desentendimento entre os meus inimigos, faz com que sejam destruídos pela sua própria violência.

10 De dia e de noite, giram pela cidade, andando sobre os muros. Espalharam a maldade e a miséria dentro de Jerusalém.

11 Dentro dela existe morte e destruição; nas ruas acontecem assaltos e exploração.

12 Quem me ofende não é um inimigo. Se fosse, eu ainda poderia agüentar; poderia fugir e me esconder.

13 Quem está me traindo é você, meu companheiro, meu amigo do peito!

14 Costumávamos andar juntos, conversando alegremente enquanto íamos para o templo de Deus com o seu povo.

15 Que a morte apanhe essa gente de surpresa, porque seus corações e seus lares estão imundos de pecado.

16 Mas eu pedirei ajuda a Deus e o Senhor me salvará.

17 Farei orações pela manhã, ao meio-dia e à noitinha; contarei a Deus os meus problemas e Ele me ouvirá.

18 Muita gente me persegue e tenta me destruir, mas Ele me salva e dá paz à minha alma.

19 Deus - o Rei Eterno - dará aos meus inimigos o que eles merecem, porque não respeitam a Deus, porque não se arrependem.

20 Este falso amigo atacou quem vivia em paz com ele; não cumpriu os compromissos que tinha feito.

21 Ele falava macio, mas no coração planejava a morte. Suas palavras pareciam ser doces como mel, mas na verdade eram facas afiadas.

22 Entregue todas as suas preocupações ao Senhor. Ele levará o peso dos seus problemas. Deus nunca deixa o justo tropeçar e cair.

23 Senhor, Tu lançarás meus inimigos no mais profundo abismo da destruição. Eles são assassinos e traidores; por isso vão morrer muito cedo; viverão apenas meia vida. Quanto a mim, confio em Ti para sempre!

Comentários

Nenhum comentário enviado.