1 Ó DEUS, OUVIMOS com nossos próprios ouvidos as histórias dos teus grandes milagres. Nossos pais nos contaram como, em seus dias,

2 Tu arrancaste desta terra os povos pagãos que aqui viviam, dando lugar ao nosso povo. Israel se tornou o dono de toda a terra dos povos expulsos,

3 mas não foi por sua própria força, nem com suas armas. Eles venceram os inimigos e conquistaram a terra pela tua força, com a ajuda da tua mão direita e iluminados pela tua luz. Conseguiram isso porque Tu mostraste interesse e amor por eles.

4 Ó Deus, Tu és o meu rei! Ordena e confirma a vitória de Israel, o teu povo.

5 Pois somente com a ajuda da tua força podemos vencer os nossos inimigos; podemos vencer quem nos ameaça, apenas porque confiamos no teu nome.

6 Não confio no meu arco e na minha espada para me salvar.

7 Porque foste Tu quem venceste nossos inimigos e cobriste de vergonha quem nos odiava.

8 Deus é nosso motivo de orgulho a todo instante; nós Te louvaremos para sempre.

9 No entanto, Senhor, Tu nos deixaste de lado e por isso passamos vergonha diante das nações. Já não vais conosco às batalhas,

10 e por isso somos obrigados a fugir do inimigo; nossos adversários roubam as nossas riquezas.

11 Entregaste os israelitas à morte, como ovelhas num matadouro; nosso povo foi espalhado pelo mundo inteiro.

12 Tu nos vendeste a troco de nada. Não nos deste qualquer valor.

13 As nações vizinhas zombam e riem de nós, por causa do que aconteceu. Somos motivo de riso,

14 somos conhecidos por toda parte como gente ruim; todos os povos nos desprezam!

15 Onde quer que eu vá, sofro o mesmo vexame;

16 Sou ofendido e ameaçado pelos inimigos que desejam vingança.

17 Senhor, por que tudo isso aconteceu? Nós não nos esquecemos de Ti, nem deixamos de cumprir nosso trato contigo.

18 Nossos corações não Te deixaram de lado, nossos pés não se desviaram do teu caminho.

19 Então, por que razão. Tu nos castigas nesta terra seca e sem vida? Por que mandas o teu povo para a morte?

20 Se tivéssemos esquecido. Quem é o nosso Deus, se tivéssemos adorado imagens de deuses falsos,

21 Deus com certeza saberia, pois Ele conhece os segredos de cada coração.

22 Mas o fato é que justamente por sermos fiéis a Ti é que estamos sofrendo perigo de morte a todo instante somos como ovelhas prontas para o matadouro.

23 Acorda, Senhor! Por que continuas indiferente? Não nos abandones para sempre!

24 Por que escondes de nós o teu rosto e nem ligas para nossa miséria e desespero?

25 Já fomos tão humilhados que andamos com o rosto pegado ao chão, arrastando o corpo no pó.

26 Levanta-Te, Senhor, vem socorrer o teu povo! Salva-nos por causa do teu amor fiel e constante.

Comentários

Nenhum comentário enviado.