1 PENSEI COMIGO MESMO tenho de tomar cuidado com o que falo, para não cair no pecado de reclamar contra Deus. Ficarei bem calado, especialmente quando estiver na presença de pessoas que não obedecem ao Senhor.

2 Então fiquei quieto como um mudo; nada falei, nem sequer coisas boas, e o resultado foi que a minha dor aumentou.

3 O meu coração pegou fogo dentro do peito enquanto pensava no problema.

4 Então finalmente pedi a Deus: Senhor, mostra-me o pouco tempo que me resta aqui na terra. Mostra-me como a vida é curta e eu sou frágil.

5 Que é a minha vida aos teus olhos? Nada! Tem apenas alguns momentos de duração. É verdade... Por mais rico e poderoso que seja o homem, a sua vida não passa de um breve vazio.

6 Ele é uma simples sombra, que passa num instante. O homem se preocupa em vão com a vida; ele se esforça, ajunta riquezas que ficarão para pessoas estranhas!

7 Por isso, Senhor, Tu és a minha única esperança!

8 Liberta-me de todas as minhas maldades e pecados, para que não zombem de mim.

9 Senhor, fico calado diante de Ti, pois sei que este castigo veio de Ti.

10 Tira, Senhor, este castigo! Já não agüento mais receber os golpes da tua mão.

11 Quando castigas alguém por causa de seus pecados, tiras o que ele tem de mais precioso. Sim, a vida humana não passa de um sopro.

12 Ó Senhor, ouve a minha oração! Escuta os meus gritos pedindo socorro! Não fiques calado, vendo as minhas lágrimas rolarem. Nesta terra eu sou apenas um viajante, como foram os meus pais; no entanto, sou teu convidado! Cuida de mim!

13 Desvia de mim esse teu olhar irado; deixa-me tomar fôlego para continuar vivendo, senão morrerei e desaparecerei para sempre.

Comentários

Nenhum comentário enviado.