1 COMO É FELIZ o homem que tem suas desobediências perdoadas e seus pecados cobertos!

2 Como é feliz o homem cujos pecados Deus apagou e está livre de más intenções em seu coração!

3 Eu tentei, por algum tempo, esconder de mim mesmo o meu pecado. O resultado foi que fiquei muito fraco, gemendo de dor e aflição o dia inteiro.

4 De dia e de noite sentia a mão de Deus pesando sobre mim, fazendo com as minhas forças o que a seca faz com um pequeno riacho.

5 O sofrimento continuou até que admiti minha culpa e confessei a Ti o meu pecado. Pensei comigo mesmo: "Confessarei ao Senhor como desobedeci às suas Leis. " Quando confessei, Tu perdoaste meu terrível pecado.

6 Por causa desta experiência eu digo: "Quem confia no Senhor sempre confessa seus pecados a Ele, enquanto há tempo de receber o perdão. Quando Deus mandar seus castigos, quem confia nEle não será atingido. "

7 Senhor, Tu és o lugar onde me escondo em segurança; Tu não me deixas cair em problemas e enches a minha vida de gritos de alegria, por causa das vitórias que Tu me dás.

8 "Eu o ensinarei" – diz o Senhor - e mostrarei a você o caminho por onde deve andar. Eu mesmo lhe darei conselhos e o vigiarei.

9 Não seja estúpido e teimoso como um cavalo ou uma mula; eles precisam de rédeas e freio para andarem pelo caminho certo.

10 As pessoas desligadas de Deus terão de passar por muitos sofrimentos, mas quem confia no Senhor será acompanhado de perto pelo seu amor cuidadoso.

11 Alegrem-se por causa do Senhor! Cantem de prazer e felicidade, todos vocês, justos. Sim, vibrem de alegria todos os que procuram sinceramente agradar ao Senhor!.

Comentários

Nenhum comentário enviado.