Salmos 143

1 Ó SENHOR, OUVE a minha oração! Escuta os meus pedidos por misericórdia e responde, pois Tu és justo e fiel.

2 Não me ponhas à prova conforme o teu padrão; Tu és perfeito e ninguém é justo aos teus olhos.

3 Meus inimigos me perseguiram e prenderam; prenderam-me numa prisão escura e estreita como uma sepultura.

4 Por isso, meu coração já está sem forças e completamente desorientado.

5 Eu me lembro dos bons tempos passados. Fico pensando nas grandes coisas que fizeste e medito nos teus milagres.

6 Por isso, oro a Ti levantando as mãos; minha alma sente sede de Ti, como a terra seca deseja as chuvas.

7 Ó Senhor, responde-me depressa porque meu espírito já desfalece! Não Te escondas de mim, senão nada me restará a não ser a morte.

8 Mostra-me o teu amor fiel já pela manhã, porque confio em Ti. Mostra-me o caminho por onde devo andar porque a minha oração é sincera.

9 Senhor, livra­me dos meus inimigos pois Tu és o meu lugar protegido e seguro.

10 Ensina-me a fazer a tua vontade, pois Tu és o meu Deus. Que o teu bom Espírito me guie por caminhos retos e seguros!

11 Senhor, se Tu salvares a minha vida o teu nome será honrado e respeitado. Demonstra a tua justiça perfeita livrando minha alma de toda esta angústia.

12 Por causa do teu amor fiel e cuidadoso por mim, destrói os meus inimigos e todos que me oprimem a alma, pois sou teu servo.

Comentários

Nenhum comentário enviado.