2 Crônicas 31

1 DEPOIS DISSO começou uma grande campanha contra a adoração de imagens. Todos aqueles que estiveram em Jerusalém para a festa da Páscoa saíram pelas cidades de Judá, de Benjamim, de Efraim e de Manassés e derrubaram os altares de imagens, as colunas, as imagens de Aserá, e outros lugares de adoração de deuses falsos. Então as pessoas que tinham vindo das tribos do norte para a festa da Páscoa voltaram de novo aos seus próprios lares.

2 Agora Ezequias organizou os sacerdotes e os levitas em grupos de serviço para oferecer os sacrifícios queimados e as ofertas de paz, e para adorar, dar graças e louvor ao Senhor dentro do recinto do templo.

3 Também ele fez pessoalmente uma contribuição de animais para as ofertas queimadas todos os dias pela manhã e à tarde, bem como para as festas do Dia de Descanso, que se realizavam todas as semanas; para as festas da Lua Nova que se realizavam todos os meses, e para as festas realizadas uma vez por ano, conforme mandava a Lei de Deus.

4 Além disso, ele exigiu que o povo de Jerusalém trouxesse suas contribuições e dízimos aos sacerdotes e levitas, de maneira que eles não precisassem de outro emprego, mas pudessem entregar-se totalmente aos seus deveres, conforme era exigido na Lei de Deus.

5 O povo respondeu sem demorar, e de mão aberta, trazendo os primeiros frutos de suas colheitas de cereais, do vinho novo, do azeite de oliveira, - mel e tudo mais - uma décima parte de tudo quanto eles possuíam para ser dada ao Senhor, seu Deus, conforme a Lei exigia. Tudo foi trazido formando grandes pilhas.

6 O povo das tribos do norte, que se havia mudado para Judá, e o povo de Judá, que morava no interior também trouxe os dízimos de seu gado e de ovelhas, e das coisas consagradas para dar ao Senhor. Empilharam tudo em grandes montões.

7 Os primeiros desses dízimos chegaram em junho, e as pilhas continuaram a aumentar até outubro.

8 Quando Ezequias e seus oficiais viram essas enormes pilhas, como eles bendisseram ao Senhor e louvaram ao seu povo!

9 "De onde veio tudo isto? " perguntou Ezequias aos sacerdotes e aos levitas.

10 E o sumo sacerdote Azarias, da família de Zadoque, respondeu: "São as contribuições e os dízimos! Nós estamos comendo desses alimentos armazenados já faz muitas semanas, mas ainda há muita sobra, porque o Senhor abençoou ao seu povo".

11 Ezequias mandou preparar depósitos no templo, o que foi feito.

12 Todas as ofertas e dízimos consagrados foram trazidos à casa do Senhor. Conanias, o levita, ficou encarregado de tudo, e abaixo dele estava seu irmão Simei,

13 mais os seguintes ajudantes: Jeiel, Azazias, Naate, Asael, Jerimote, Jozabade, Eliel, Ismaquias, Maate e Benaia. Essas nomeações foram feitas pelo rei Ezequias e pelo sumo sacerdote Azarias.

14 Coré ( filho de lmna, o levita ), que era o guarda da Porta Oriental, ficou encarregado de distribuir as ofertas aos sacerdotes.

15 Seus fiéis auxiliares eram Éden, Miniamim, Jesua, Semaías, Amarias e Secanias. Eles distribuíam as ofertas às famílias dos sacerdotes em suas próprias cidades, fazendo a distribuição por igual, tanto aos moços como aos velhos.

16 Contudo, os sacerdotes que estavam de serviço no templo, bem como suas famílias, recebiam diretamente do depósito; por isso eles não eram incluídos nesta distribuição.

17 Os sacerdotes estavam inscritos nos registros por famílias, e os levitas de vinte anos de idade para cima estavam registrados sob os nomes de seus grupos de trabalho.

18 Uma porção regular de alimento era dada a todas as famílias dos sacerdotes devidamente registrados, pois eles não tinham outra fonte de onde obter sustento, porque seu tempo e suas forças eram consagrados ao serviço do templo.

19 Um dos sacerdotes era indicado em cada uma das cidades dos sacerdotes para distribuir alimento e outras ofertas a todos os sacerdotes daquela região, e a todos os levitas que estavam registrados.

20 Deste modo Ezequias controlou a distribuição em todo o Judá, fazendo o que era justo e direito perante o Senhor seu Deus.

21 Ele se esforçou de todo o coração para que houvesse respeito pelo templo, pela Lei, e pela vida religiosa. E teve bom êxito.

Comentários

Nenhum comentário enviado.

Facebook Twitter Google

Capítulos