2 Crônicas 19

1 QUANDO JOSAFÁ, REI de Judá voltou para casa, sem estar ferido,

2 o vidente Jeú ( filho de Hanani ) saiu ao encontro do rei, e lhe perguntou: “Devia você ajudar ao malvado e amar aqueles que odeiam o Senhor? Por causa disso que você fez, a ira de Deus está sobre você”.

3 “Mas há algumas coisas boas que você fez; por exemplo, mandou retirar as imagens vergonhosas de Aserá que havia no pais, e procurou ser fiel a Deus. ”

4 Assim, depois disso, Josafá não fez mais viagens a Israel, mas permaneceu sossegado em Jerusalém. Mais tarde ele saiu outra vez entre o povo, viajando desde Berseba até à região das montanhas de Efraim para animar todos a adorarem o Deus de seus pais.

5 Nomeou juizes, que colocou em todas as grandes cidades,

6 dando a seguinte ordem: “Tomem cuidado - não fui eu quem nomeou vocês - foi o próprio Deus; e Ele ficará ao lado de vocês, e os ajudará a fazer justiça em cada caso que for apresentado”.

7 “Tenham muito medo de dar qualquer decisão diferente daquela que Deus lhe disser. Pois não deve haver injustiça entre os juizes de Deus. Não devem torcer a justiça a favor de ninguém, nem devem receber dinheiro para julgar a favor de qualquer pessoa”.

8 Josafá estabeleceu tribunais em Jerusalém, e colocou alguns levitas, sacerdotes e chefes de famílias como juizes.

9 Estas foram às instruções dadas a eles: “Vocês devem agir sempre no respeito a Deus, com corações honestos”.

10 Toda vez que os juizes das cidades do interior mandarem um caso para vocês resolverem, seja um caso de crime ou de desobediência às leis e mandamentos de Deus, esclareçam o assunto para eles e ajudem a decidir com justiça, para que a ira de Deus não venha sobre vocês e sobre eles. Se vocês fizerem isto, estarão livres de culpa. "

11 Então nomeou Amarias, o sumo sacerdote, para dar as decisões finais nos casos de desobediência em assuntos sagrados; e Zebadias ( filho de Ismael ), governador em Judá, para dar as decisões finais nos casos de desobediência às ordens do rei. Eles contavam com o auxilio dos levitas. "Sejam corajosos em sua posição a favor da verdade e da honestidade. E que Deus possa usar vocês para defender os inocentes, " foi à palavra final do rei a eles.

Comentários

Nenhum comentário enviado.

Facebook Twitter Google

Capítulos