2 Crônicas 12

1 MAS ASSIM QUE Roboão adquiriu fama e se tornou poderoso, abandonou ao Senhor, e o povo acompanhou o rei neste pecado.

2 Como resultado, o rei Sisaque, do Egito, atacou Jerusalém no quinto ano do reinado do rei Roboão,

3 com mil e duzentos carros, sessenta mil cavaleiros e um enorme número de soldados de infantaria - egípcios, líbios, suquitas e etíopes.

4 Imediatamente ele tomou as cidades fortificadas de Judá, e dentro de pouco tempo chegou a Jerusalém.

5 Então o profeta Semaías se encontrou com Roboão e com os chefes de Judá de todas as partes do país, pois eles tinham fugido para Jerusalém, porque ali era mais seguro. O profeta Semaías disse a eles: "O Senhor diz: 'Vocês Me deixaram; por isso Eu deixarei vocês, e abandonei vocês nas mãos de Sisaque'. "

6 Então o rei e os chefes de Israel confessaram os seus pecados e disseram: "O Senhor está certo em fazer isto para nós! "

7 E quando o Senhor viu que eles se humilharam, mandou Semaías dizer: "Já que vocês se humilharam, não vou destruir vocês totalmente; alguns vão escapar. Não vou usar Sisaque para derramar a minha fúria sobre Jerusalém.

8 Mas vocês devem pagar uma taxa a ele todos os anos. Então vão reconhecer quanto é melhor servir a Mim do que servir a ele! "

9 Sisaque, rei do Egito, conquistou assim Jerusalém, e levou todos os tesouros do templo e do palácio. Levou também todos os escudos de ouro de Salomão.

10 O rei Roboão substituiu os escudos de ouro por escudos de bronze, e deixou o capitão da guarda do seu palácio encarregado de cuidar deles.

11 Sempre que o rei ia ao templo, os guardas levavam os escudos, e depois os levavam de volta para a casa das armas.

12 Quando o rei se humilhou, o Senhor deixou de lado a sua ira e não mandou destruição total. Na verdade, mesmo depois da invasão de Sisaque, ainda havia muita coisa boa em Judá.

13 O rei Roboão reinou dezessete anos em Jerusalém, a cidade que Deus havia escolhido para ali manifestar sua presença, depois de examinar todas as outras cidades de Israel. Ele estava com quarenta e um anos de idade, quando começou a reinar. A mãe dele era amonita, e se chamava Naamá.

14 Porém ele foi um mau rei, pois na verdade nunca procurou de coração agradar ao Senhor.

15 A história completa da vida de Roboão está registrada nas histórias escritas pelo profeta Semaías e pelo vidente Ido, no Registro de Famílias. Não deixou de haver guerras entre Roboão e Jeroboão.

16 Quando Roboão morreu, foi enterrado em Jerusalém, e o novo rei foi seu filho Abias.

Comentários

Nenhum comentário enviado.

Facebook Twitter Google

Capítulos