1 Hino que Davi cantou a Deus por causa de Cuche, o benjamita. Ó SENHOR, meu Deus, em ti encontro segurança. Salva-me, livra-me de todos os que me perseguem.

2 Não permitas que eles, como um leão, me peguem e me despedacem, sem que ninguém possa me salvar.

3 Ó SENHOR, meu Deus, se tenho feito qualquer uma destas coisas: se cometi alguma injustiça contra alguém,

4 se traí um amigo, se cometi sem motivo alguma violência contra o meu inimigo,

5 então que os meus inimigos me persigam e me agarrem! Que eles me deixem caído no chão, morto, e largado sem vida no pó!

6 Ó SENHOR, levanta-te com ira. e enfrenta a fúria dos meus inimigos! Levanta-te e ajuda-me, porque tu exiges que a justiça seja feita.

7 Ajunta todos os povos em volta de ti e, de cima, reina sobre eles.

8 Ó SENHOR Deus, tu és o juiz de todas as pessoas. Julga a meu favor, pois sou inocente e correto.

9 Eu te peço que acabes com a maldade dos maus e que recompenses os que são direitos. Pois tu és Deus justo e julgas os nossos pensamentos e desejos.

10 Deus me protege como um escudo; ele salva os que são honestos de verdade.

11 Deus é um juiz justo; todos os dias ele condena os maus.

12 Se eles não se arrependerem, Deus afiará a sua espada. Ele já armou o seu arco para disparar flechas.

13 Ele pega as suas armas mortais e atira as suas flechas de fogo.

14 Vejam como os maus imaginam maldades. Eles planejam desgraças e vivem mentindo.

15 Armam armadilhas para pegarem os outros, mas eles mesmos caem nelas.

16 Assim eles são castigados pela sua própria maldade, são feridos pela sua própria violência.

17 Eu, porém, agradecerei a Deus a sua justiça e cantarei louvores ao SENHOR, o Deus Altíssimo.

Comentários

Nenhum comentário enviado.