1 Poesia de Davi. Ao regente do coro-para instrumentos de cordas. Escrita por Davi quando os moradores da cidade de Zife foram contar a Saul que Davi estava escondido na terra deles. Ó Deus, salva-me pelo teu poder! Livra-me com a tua força.

2 Ouve, ó Deus, a minha oração! Escuta as minhas palavras.

3 Pois homens orgulhosos estão chegando para me atacar, homens violentos querem me matar. Eles não se importam com Deus.

4 Eu sei que é o Senhor Deus quem me ajuda, sei que é ele quem me defende.

5 Que Deus faça com que a maldade dos meus inimigos se vire contra eles mesmos! Ele é fiel e por isso os destruirá.

6 Ó SENHOR Deus, de boa vontade eu te oferecerei sacrifícios e te louvarei porque és bom.

7 Tu me livraste de todas as minhas aflições, e eu tenho visto a derrota dos meus inimigos.

Comentários

Nenhum comentário enviado.