Salmos 142

1 Poesia de Davi. Oração que ele fez quando estava na caverna. Eu clamo a Deus, o SENHOR, pedindo socorro; eu suplico que me ajude.

2 Levo a ele todas as minhas queixas e lhe conto todos os meus problemas.

3 Quando estou desistindo, ele sabe o que devo fazer. No caminho por onde ando os meus inimigos armam uma armadilha para me pegar.

4 Olho para os lados e não vejo ninguém que me ajude. Não há ninguém para me proteger, não há ninguém que cuide de mim.

5 Ó SENHOR, eu grito pedindo a tua ajuda. Ó Deus, tu és o meu protetor, és tudo o que desejo nesta vida.

6 Escuta o meu grito pedindo socorro, pois estou caindo no desespero. Salva-me dos meus inimigos, pois eles são fortes demais para mim.

7 Livra-me do sofrimento, e eu te louvarei na reunião do teu povo porque tu tens sido bom para mim.

Comentários

Nenhum comentário enviado.