2 Crônicas 19

1 Josafá, rei de Judá, voltou são e salvo para o seu palácio, em Jerusalém.

2 O profeta Jeú, filho de Hanani, foi encontrar-se com o rei e disse: —Por que é que o senhor ajuda os maus e é amigo dos inimigos de Deus? Por causa disso, o SENHOR Deus vai castigá-lo.

3 Mas é verdade que o senhor fez coisas boas: acabou com os postes-ídolos do país e procurou com todo o coração conhecer a vontade de Deus.

4 Josafá continuou morando em Jerusalém, mas tinha o costume de visitar o povo no país inteiro, desde Berseba, no Sul, até a região montanhosa de Efraim, no Norte. Ele fez com que o povo se voltasse para o SENHOR, o Deus dos antepassados deles.

5 Colocou juízes em todas as cidades de Judá protegidas por muralhas

6 e lhes deu a seguinte ordem: —Tenham cuidado quando decidirem algum caso, pois o que vocês fazem é em nome de Deus, o SENHOR, e não em nome de criaturas humanas. E, quando julgarem as questões, Deus estará com vocês.

7 Portanto, respeitem a Deus e tenham cuidado com o que vão fazer, pois o SENHOR, nosso Deus, não tolera os que cometem injustiça, nem os que usam dois pesos e duas medidas nos julgamentos, nem os que aceitam dinheiro para torcer a justiça.

8 Em Jerusalém Josafá colocou alguns levitas, sacerdotes e chefes de famílias para julgarem os assuntos religiosos e as causas dos moradores da cidade.

9 Ele lhes deu a seguinte ordem: —Cumpram com honestidade todos os seus deveres para com Deus, o SENHOR, respeitando-o e obedecendo-lhe com todo o coração.

10 Quando os seus patrícios das cidades de Judá apresentarem a vocês causas de morte ou qualquer caso de desobediência às leis, estatutos e regulamentos, avisem a eles que não cometam pecados contra o SENHOR, a fim de que ele não castigue vocês e os seus patrícios. Se derem esse aviso, vocês não serão culpados.

11 O Grande Sacerdote Amariá terá a última palavra nas questões religiosas, e o governador de Judá, Zebadias, filho de Ismael, terá a última palavra em casos não-religiosos. Os levitas ajudarão nos serviços do tribunal. Coragem, pois, e mãos à obra! E que o SENHOR Deus esteja com os que fazem o que é direito!

Comentários

Nenhum comentário enviado.

Facebook Twitter Google

Capítulos